Oficina amplia conhecimentos na área da assistência social


Dialogar, debater e socializar experiências do cotidiano dos técnicos e gestores das entidades da área de assistência social foram os principais objetivos da oficina “Operadores do Suas (Sistema Único de Assistência Social)”, ministrada pela Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster), realizada no Teatro Municipal Reinaldo Castanheira, no município de Paragominas, no sudeste paraense. A oficina foi iniciada na terça-feira (12) e encerrada na manhã desta sexta-feira (15).

A meta é ampliar o conhecimento dos trabalhadores da assistência social que atuam em entidades como Cras (Centro de Referência de Assistência Social), Creas (Centro de Referência Especializado de Assistência Social), abrigos e nas principais redes socioassistenciais. A oficina é uma extensão do projeto desenvolvido pela Seaster, que já percorreu os polos de Santarém Parauapebas, Redenção, Xinguara. “Já alcançamos 47 municípios, dos cinco polos atendidos. Nosso objetivo é atingir todos os 144 municípios. Acreditamos que essa oficina contribui para o aprimoramento dos serviços prestados na assistência social, e os maiores beneficiados disso são os usuários dos sistemas socioassistenciais”, ressaltou a titular da Seaster, Ana Cunha.

Os municípios de Aurora do Pará, Garrafão do Norte, Mãe do Rio, Concórdia do Pará, Nova Esperança do Piriá, Ulianópolis, Paragominas, Capitão Poço, Dom Eliseu, Irituia e Ipixuna do Pará integram o polo de Paragominas. Para a secretária de Assistência Social de Paragominas, Tânia Cristina, “a partir das temáticas abordadas os trabalhadores aprimoram suas habilidades, que irá facilitar com os encaminhamentos e as intervenções que surgem no dia a dia”. 

Subsídios – Os temas abordados objetivam a construção do conhecimento coletivo, que contribui para o desenvolvimento de técnicas e instrumentos que auxiliam os serviços prestados no âmbito socioassistencial. Para o servidor da assistência social em de Paragominas, Davi Filho, “esse curso nos dá subsídio para que possamos oferecer um atendimento de qualidade, que possa realmente tirar o usuário dos riscos de vulnerabilidade social em que ele se encontra”.

“A proposta do encontro é agregar conteúdo, valores e significados para os trabalhadores do Sistema Único de Assistência Social”, afirmou a diretora de Assistência Social da Seaster, Eliza Viterbino. O próximo polo atendido será Itaituba, no sudoeste paraense, que contemplará os municípios de Aveiro, Itaituba, Jacareacanga, Novo Progresso, Rurópolis e Trairão. A previsão é que ocorra entre os dias 23 e 27 de outubro.




comments icon 0 comments
0 notas
Visto 37
bookmark icon

Escreva um comentário...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *