Pará tem o Dia de D da Campanha Nacional de Multivacinação


Atualizar a carteira de vacinação de crianças e adolescentes menores de 15 anos de idade é o objetivo da Campanha Nacional de Multivacinação, que começou no dia 11 de setembro e teve o Dia D realizado neste sábado, 22, em todo o Estado do Pará, com abertura às 8h30, na Unidade Municipal de Saúde da Cremação.

O evento contou com a presença do secretário de Estado de Saúde Pública, Vitor Mateus; do diretor do Departamento de Epidemiologia da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), Amiraldo Pinheiro; da coordenadora estadual de Imunizações, Jaíra Ataíde; da diretora de Vigilância em Saúde da Secretaria de Saúde de Belém (Sesma), Leila Flores; e da diretora da Unidade, Liliana Conde.

Afirmando que “criança vacinada é criança protegida”, Vitor Mateus falou sobre a importância da vacina como medida de prevenção contra uma série de doenças graves ao longo da vida e comentou sobre a evolução desse serviço oferecido pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Ele deu como exemplo a poliomielite, que foi erradicada do Brasil graças à vacinação em massa das crianças que vem ocorrendo desde a década de 80 e a manutenção dessa vacina no calendário, que hoje conta com 15 tipos, que combatem um total de19 doenças. “Não se justifica hoje ser acometido por doenças imunopreveníveis, se tem vacina por que não vacinar?”, alertou o titular da Sespa.

Jaíra Ataíde chamou a atenção para a importância da vacina contra o HPV que protege contra quatro tipos de vírus e previne contra o câncer de colo de útero, câncer de pênis e verrugas genitais. Ela disse que a vacina custa mais de mil reais na rede privada, mas está disponível em todas as unidades de saúde do SUS para meninas de 9 a 14 anos e meninos de 11 a 13 anos de idade. “Portanto, é fundamental que os pais ou responsáveis fiquem atentos e mantenham a carteira de vacinação sempre atualizada”, recomendou.

Leila Flores elogiou o trabalho conjunto que o SUS promove envolvendo trabalhadores de todas as esferas de Governo num único objetivo: proteger crianças e adolescentes contra doenças imunopreveníveis.

Já Liliana Conde, diretora da UMS, comemorou por sediar evento de suma importância para a Saúde Pública e disse que a Unidade da Cremação está sempre aberta para a comunidade.

A dona de casa Iraci Cardeli, de 65 anos, ficou feliz ao saber que seu neto Diego Pantoja, de 10 anos, está com todas as vacinas em dia e que só deverá voltar à Unidade de Saúde em 2018, depois que ele completar 11 anos, para tomar a vacina contra o HPV. “Eu cuido dele desde bebezinho e sempre me preocupei em manter as vacinas atualizadas, por isso vim aqui conferir se realmente estava ou não faltando alguma dose”, informou a avó do Diego.

O motorista Davi Maciel também levou seus três filhos ao posto de vacinação. A sua preocupação é maior porque há histórico de câncer na família. Seu filho Davi Júnior, de 11 anos, teve que tomar a primeira dose da vacina contra o HPV e Arielli, de 10 anos, a segunda dose da mesma vacina, porém Ágata não precisou ser vacinada, pois estava com a carteira de vacinação em dia. “A gente nunca deixa as vacinas atrasarem”, afirmou o pai das crianças.

São situações como essas que deixam os trabalhadores do SUS satisfeitos, pois representam o resultado positivo do esforço dos profissionais na mobilização da comunidade e na sensibilização das famílias para que cumpram rigorosamente o calendário de vacinação desde o nascimento da criança.

De acordo com o Ministério da Saúde (MS), o Pará recebeu 1 milhão de doses de vacinas para colocar em dia a situação vacinal de crianças e adolescentes do Estado. Desse total, 574,6 mil são doses extras destinadas para a campanha de Multivacinação 2017.

Para a realização da campanha, o Estado conta com 1.100 postos de vacinação fixos e volantes, sendo 290 em Belém; 1.700 equipes de vacinação e 6.800 profissionais de saúde, além de 450 carros, 32 barcos e 16 voadeiras.

Serviço: a Campanha de Multivacinação continua até sexta-feira, 22, em todas as unidades de saúde do Estado do Pará.




comments icon 0 comments
0 notas
Visto 34
bookmark icon

Escreva um comentário...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *