Pezão se reúne com representantes dos servidores

2


Notícias

Governador

Pezão se reúne com representantes dos servidores

 16/11/2017 – 17:36h – Atualizado em 16/11/2017 – 17:36h

Governador espera criar calendário após regularização de pagamentos

O governador Luiz Fernando Pezão se reuniu, nesta quinta-feira (16/11), com representantes do Movimento Unificado dos Servidores Públicos Estaduais (Muspe) para tratar sobre o calendário de pagamentos das categorias. De acordo com Pezão, o governo trabalha para conseguir a aprovação do empréstimo de R$ 2,9 bilhões e espera que, até o final de novembro, os salários e gratificações pendentes sejam regularizados.

– Essa reunião com os sindicados foi pedida para falar da possibilidade de estabelecer um calendário único para 2018 e para os pagamentos atrasados. O Estado, hoje, tem muita dificuldade para dar datas enquanto não for realizada a operação de crédito que tem as ações da Cedae como garantia. Espero até amanhã finalizar as tratativas com o banco que venceu o leilão. Na próxima semana, vamos ao Tesouro Nacional para obter o aval. É uma operação que leva alguns dias e eu espero que até o dia 27 de novembro consiga quitar os atrasados – afirmou o governador.

Para 2018, Pezão acredita que a antecipação dos royalties do petróleo no valor de US$ 1 bilhão, além de uma série de medidas de aumento de receita e redução das despesas, deem maior previsibilidade para a administração das contas do estado. Com o reequilíbrio financeiro, o governador estima que, no ano que vem, os servidores passarão a receber todo 10º dia útil.

– A nossa prioridade é colocar os salários de todas as categorias em dia e, em 2018, garantir que todo mundo receba até o 10º dia útil. A operação de antecipação dos royalties já está autorizada e deve ocorrer entre dezembro e janeiro, dependendo do funcionamento do mercado financeiro internacional. Eu entendo a aflição dos servidores e fico muito angustiado com essa situação. Espero que Deus me dê saúde para cumprir essa missão. Não quero ficar olhando pelo retrovisor – disse Pezão.

Regime de Recuperação Fiscal vai equilibrar as contas do Estado

​Em seis anos, o Regime de Recuperação Fiscal vai possibilitar o aumento de receitas na ordem de R$ 50 bilhões. No mesmo período, o governo promoverá uma redução de R$ 16 bilhões nas despesas. A modernização da administração estatal, entre outras mudanças da máquina pública, vão render R$ 8 bilhões. Além disso, o Estado foi autorizado a realizar operações de crédito tendo as ações da Cedae como garantia.

Enquanto o regime estiver em curso, o Estado ainda deixará de pagar o serviço da dívida com a União. No total, a secretaria de Fazenda tem a expectativa de que todas as medidas gerem R$ 94 bilhões para o Tesouro Estadual.
 

  • Fotos

  • Governador Luiz Fernando Pezão durante reunião com representantes do MUSPE.

    1 foto | Governador | 16/11/2017

    Governador Luiz Fernando Pezão durante reunião com representantes do MUSPE

2 recommended
comments icon 0 comments
0 notas
Visto 26
bookmark icon

Escreva um comentário...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *