Polo de Pesquisa em Saúde de Rondônia será apresentado na terça-feira, dia 21

2


Para disseminar a grandiosidade e importância do Polo de Pesquisa, Inovação, Desenvolvimento e Difusão em Saúde do Estado, estrutura que leva assinatura do arquiteto Oscar Niemeyer no projeto arquitetônico geral, o Governo de Rondônia e as instituições de pesquisas envolvidas no projeto farão apresentação da obra na próxima terça-feira (21), às 9h, no auditório da Embrapa. Com foco na construção do bloco da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) no âmbito do Polo, o evento deve reunir pesquisadores, estudantes, professores e demais envolvidos com a área de ciência e tecnologia no Estado.

Em construção na BR-364 sentido Cuiabá, ao lado da Embrapa, a estrutura contará com área de 2.585,40 metros quadrados.  No total, estão sendo investidos R$ 7,220 milhões, viabilizados pela Finep sob a coordenação da Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão (Sepog), incluindo também mobiliário e instalação de sistema de refrigeração. De acordo com a coordenadora do projeto na Sepog, Waldeneide Rangel, no local serão instaladas as estruturas para o desenvolvimento das pesquisas realizadas pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), Universidade Federal de Rondônia (Unir), Centro de Pesquisa em Medicina Tropical (Cepem) e do Instituto de Pesquisas em Patologias Tropicais de Rondônia (Ipepatro).

Além da importância científica para o avanço das pesquisas em Rondônia, a concretização do Polo Saúde carrega valor histórico. Desenvolvido com exclusividade para Rondônia, o projeto de Oscar Niemeyer foi doado por meio da amizade que o arquiteto mantinha com o cientista e professor doutor, Luiz Hildebrando, ex-diretor do Instituto de Pesquisas em Patologias Tropicais de Rondônia (Ipepatro), que faleceu em 2014. O projeto de implantação do pólo saúde em Rondônia também teve autoria do professor pesquisador Rodrigo Guerino Stabeli.

Para o secretário George Braga, a obra representa um marco histórico na ciência e tecnologia, principalmente por ter sido idealizada pelo professor Hildebrando, um amante da natureza da Amazônia, e levar a assinatura do arquiteto Oscar Niemeyer. “É uma honra para o governador Confúcio Moura ter a chance de assinar em sua gestão um contrato de um projeto que tem como missão salvar vidas”, completou George, ao lembrar também do viés turístico que a estrutura terá no estado.

2 recommended
comments icon 0 comments
0 notas
Visto 25
bookmark icon

Escreva um comentário...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *