RIO RURAL INCENTIVA CADEIA PRODUTIVA DA AROEIRA EM SÃO PEDRO DA ALDEIA

2


Notícias

Agricultura

RIO RURAL INCENTIVA CADEIA PRODUTIVA DA AROEIRA EM SÃO PEDRO DA ALDEIA

 06/12/2017 – 13:56h – Atualizado em 06/12/2017 – 14:22h

Recursos liberados pelo programa para agricultores do Assentamento Rural Ademar Moreira vão estruturar projeto pioneiro de produção de pimenta rosa no município

 Agricultores familiares do Assentamento Rural Ademar Moreira, na Microbacia Baixo Una, em São Pedro da Aldeia, nas Baixadas Litorâneas, aguardam com boas expectativas a próxima safra, entre os meses de maio e julho, da aroeira, planta nativa da Mata Atlântica cujo fruto, conhecido como pimenta rosa, tem grande potencial econômico.

A liberação de R$ 232 mil do programa Rio Rural, da secretaria estadual de Agricultura, para projetos individuais – contemplando 16 famílias de produtores – e grupal, beneficiando a Associação dos agricultores do Assentamento, vai permitir a construção de um galpão com estrutura para pós-colheita, duas estufas para desidratação dos frutos e reforma da sede da associação.

– Os recursos do Rio Rural complementam um trabalho, iniciado há cerca de um ano e meio, visando organizar, regulamentar e legalizar a exploração da aroeira, com manejo adequado e coleta de seus frutos em áreas de preservação – explica a supervisora local da Emater-Rio e coordenadora do projeto em São Pedro da Aldeia, Marília Graziela.

Ela conta que o manejo da aroeira na área do Assentamento Ademar Moreira será regido pelo plano de manejo florestal sustentável, já elaborado e aprovado pela associação, e em tramitação no INEA – Instituto Estadual do Ambiente. De acordo com levantamento do inventário florestal, a estimativa de produção é em torno de 45 toneladas de frutos da planta.

A pimenta rosa é utilizada como condimento na culinária gourmet e também para a extração de óleos essenciais, como anti-inflamatório e na indústria de cosméticos, entre outros. Por ser uma planta nativa da Mata Atlântica, a aroeira está presente em todo o litoral fluminense. Muitos agricultores e moradores de áreas rurais da Região dos Lagos coletam e vendem informalmente seus frutos para atravessadores de outros estados.

O secretário de Agricultura de São Pedro da Aldeia, Dimas de Oliveira Dias, ressalta que o projeto pioneiro com a aroeira no município, envolvendo desde o plano de manejo da colheita, a capacitação de produtores, o beneficiamento e a comercialização está sendo uma referência não só para o estado, mas para todo o país.

  • Fotos

  • 5 fotos | 06/12/2017

    Rio Rural incentiva cadeia da aroeiera em São Pedro da Aldeia

2 recommended
comments icon 0 comments
0 notas
Visto 65
bookmark icon

Escreva um comentário...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *