Secretaria de Estado de Educação promove palestra sobre a Lei Maria da Penha para jogadores de base do Flamengo

3


Notícias

Educação

Secretaria de Estado de Educação promove palestra sobre a Lei Maria da Penha para jogadores de base do Flamengo

 17/01/2018 – 09:59h – Atualizado em 17/01/2018 – 09:59h

 » Fotos: Marcia Costa

Iniciativa aconteceu no Ninho do Urubu

A Secretaria de Estado de Educação realizou, nesta segunda-feira, dia 15, uma palestra de conscientização sobre a Lei Maria da Penha para os jogadores, com idades entre 16 e 17 anos, da categoria de base do Clube de Regatas do Flamengo, no Ninho do Urubu, em Vargem Grande, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

 

– Essa palestra voltada aos jovens atletas do Flamengo seguiu a linha das que são ministradas nas unidades de ensino da Seeduc e que debatem a Lei Maria da Penha – destacou o secretário de Estado de Educação, Wagner Victer.

 

Na ocasião, duas professoras da Seeduc ministraram a palestra sobre a legislação e esclareceram as dúvidas dos atletas. O grupo também assistiu a vídeos, participou de dinâmicas e ouviu os esclarecimentos das docentes sobre ações de prevenção e combate à violência contra a mulher, questões de gênero, exposição na internet, entre outros assuntos. Todo o conteúdo foi elaborado de maneira didática e simples.

 

O jogador Michel Yan, de 16 anos, aprovou a iniciativa.

 

– Achei muito legal essa discussão sobre a violência contra as mulheres aqui no clube. Minha mãe já foi jogadora de futebol e, por isso, sempre conversamos muito em casa sobre essa questão do preconceito – disse o jovem, de 16 anos, que migrou de Salvador, na Bahia, para o Rio em busca do sonho de jogar no clube rubro-negro.

 

A assistente social do Flamengo, Gabriela Espinoza, falou sobre a importância dessa parceria entre a Seeduc e o clube.

 

– O evento superou as nossas expectativas. Os meninos interagiram e participaram bastante das dinâmicas. Nosso intuito é sempre promover ações educativas e preventivas como essa entre a garotada – destacou Gabriela.

 

Ensino daLei Maria da Penha nas escolas estaduais

A Secretaria de Estado de Educação (Seeduc) tem realizado um conjunto de ações pioneiras no Rio de Janeiro e no Brasil. Em novembro de 2016, o Governo do Estado sancionou a Lei Nº 7.477, criando o “Programa Lei Maria da Penha vai à Escola” e estabelecendo o ensino de noções básicas da Lei Maria da Penha em escolas estaduais. O Rio de Janeiro foi o primeiro estado brasileiro a adotar a proposta em forma de lei.

 

Em outra iniciativa importante, a Secretaria de Educação e o Ministério Público estadual firmaram, em março de 2017, um convênio para divulgação do projeto e elaboração de videoaulas com o objetivo de trabalhar de forma preventiva a violência contra a mulher. Desde então, mais de 50 palestras sobre a Lei Maria da Penha foram ministradas em escolas públicas estaduais do Rio de Janeiro.  

3 recommended
comments icon 0 comments
0 notas
Visto 36
bookmark icon

Escreva um comentário...

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *