Notícias

Singer Júnior Vianna contrai leptospirose e SC em alerta


Saúde: Cantor Júnior Vianna Contrai Leptospirose em Fortaleza

O cantor cearense, Júnior Vianna, foi diagnosticado com leptospirose na noite desta quinta-feira (14) após ter sido internado no último sábado (9) em um hospital privado de Fortaleza, devido a intensa febre e fraqueza corporal. A doença servia de alerta na capital catarinense devido aos oito casos confirmados em 2022.

Alerta para a Leptospirose em Florianópolis

Em Florianópolis, a Vigilância em Saúde já havia emitido um alerta para a doença após as fortes chuvas. A médica epidemiologista Ana Cristina Vidor alertou que a leptospirose costuma se proliferar após as enchentes e a exposição à água contaminada é um dos fatores de risco.

Sintomas e Prevenção da Leptospirose

A leptospirose é uma doença infecciosa febril aguda que é transmitida pela urina de animais, principalmente ratos, e pode causar febre alta, dores musculares e articulares, dor de cabeça, icterícia, conjuntivite, náuseas, vômitos, diarreia, dor abdominal e erupção cutânea.

A prevenção contra a leptospirose envolve medidas para reduzir o risco de exposição às bactérias, como evitar o contato com água contaminada, proteger-se em ambientes de risco, manter ambientes limpos, higienização pessoal, vacinação (em algumas regiões), cuidados com animais de estimação, evitar alimentos contaminados e controlar pragas.

Conclusão

A leptospirose é uma doença séria que merece atenção e cuidados para prevenir a exposição. Com as medidas adequadas, é possível reduzir o risco de contrair a doença e proteger a saúde. A conscientização e a atenção às orientações de prevenção são fundamentais para evitar a disseminação da leptospirose.

FAQ

1. O que é leptospirose?
A leptospirose é uma doença infecciosa febril aguda que é transmitida pela urina de animais, principalmente ratos.

2. Quais são os sintomas da leptospirose?
Os sintomas incluem febre alta, dores musculares e articulares, dor de cabeça, icterícia, conjuntivite, náuseas, vômitos, diarreia, dor abdominal e erupção cutânea.

3. Como prevenir a leptospirose?
A prevenção envolve medidas para reduzir o risco de exposição às bactérias, como evitar o contato com água contaminada, proteger-se em ambientes de risco, manter ambientes limpos, higienização pessoal, vacinação (em algumas regiões), cuidados com animais de estimação, evitar alimentos contaminados e controlar pragas.

Fonte

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também
Fechar
Botão Voltar ao topo